Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema volta a ter diminuição no volume de água nos reservatórios

Na tarde de hoje (22), foi realizada a 25ª Sala de Crise do Paranapanema, por videoconferência. O novo diretor presidente da Agência Nacional de Águas, Vitor Saback, participou da reunião, como seu primeiro ato no cargo. Saback ressaltou a importância da Sala de Crise e afirmou que irá acompanhará a Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema.

Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a pluviosidade nos últimos 30 dias ficou quase na média histórica. Contudo, considerando um período maior, desde outubro deste ano, as chuvas estão bem abaixo da média. Em dezembro, a média histórica é de 186mm de chuvas e já se tem 139 mm, portanto, pode-se chegar à média histórica. Para os próximos sete dias, há previsão de chuvas na Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema.

Os reservatórios da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema permanecem abaixando o volume do nível da água. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apresentou o volume de água de cada um deles: Jurumirim 13%, Chavantes 10%, Capivara 8% e Mauá 25%. De acordo com as diretrizes operacionais que serão adotadas, a previsão é que, em 31 de dezembro deste ano, os reservatórios estejam: Jurumirim 15%; Chavantes 9%; Capivara 6%; e Mauá 35%. O ONS ressaltou que se houver aumento de carga elétrica, as diretrizes podem ser alteradas.

O representante do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema (CBH Paranapanema), Emilio Prandi, analisou que não se consegue ter um padrão de operação nos reservatórios e que a Bacia não está sendo atendida pelas medidas adotadas. Segundo ele, só se está pensando na geração de energia elétrica e esquecendo os demais usos.

A próxima reunião da Sala de Crise está agendada para o dia 08 de janeiro de 2021 às 15h, por videoconferência.

Sala de Crise

Para compartilhar informações e tomadas de decisões, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) instituiu a Sala de Situação do Paranapanema, posteriormente intitulada Sala de Crise, composta pelos seguintes integrantes, além da própria ANA: Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), CTG Brasil, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Votorantim Energia, Departamento de Água e Energia Elétrica e a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente SIMA, pelo Estado de São Paulo, Instituto Água e Terra, pelo Estado do Paraná, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema e os seis Comitês Afluentes, instituídos nos Estados de São Paulo e Paraná.

Também é possível acompanhar a situação dos reservatórios na Bacia Hidrográfica, por meio do CBH Paranapanema:

paranapanema.org

facebook.com/cbhparanapanema

instagran.com/cbhparanapanema

yuotube.com/cbhparanapanema

issuu.com/cbhparananemacomunicacao

 

Fechar Menu