Previsão aponta probabilidade dos reservatórios do Paranapanema chegarem a 10%

Os números atuais são preocupantes e novas medidas serão tomadas

Na manhã do dia 1º de novembro, os integrantes da Sala de Situação estiveram reunidos por videoconferência e apresentaram as atualizações dos dados referentes aos reservatórios da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema.

A quantidade de chuvas ainda continua abaixo da média e a previsão é de que os reservatórios consigam alguma recuperação a partir na segunda quinzena de novembro. Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a previsão é de que se tenha chuvas nos próximos dias.

Os reservatórios apresentam os seguintes níveis: Jurumirim 19%; Chavantes 23%; Capivara 19%; Mauá 10%. Perante o cenário apresentado, o Superintendente de Operações e Eventos Críticos da Agência Nacional de Águas (ANA), Joaquim Gondim, propôs reuniões semanais, com envolvimento de outras partes interessadas e com representatividade.

A próxima reunião da Sala de Situação está agendada para o dia 08/11 às 10h.

Sala de Situação

Para compartilhar informações e tomadas de decisões, a Agência Nacional de Águas instituiu a Sala de Situação do Paranapanema, composta pelos seguintes integrantes, além da própria ANA: Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), CTG Brasil, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Votorantim Energia, Departamento de Água e Energia Elétrica pelo Estado de São Paulo, Instituto Aguasparaná, pelo Estado do Paraná, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema e os seis Comitês Afluentes, instituídos nos Estados de São Paulo e Paraná.

Também é possível acompanhar por meio do CBH Paranapanema:

paranapanema.org

facebook.com/cbhparanapanema

instagran.com/cbhparanapanema

yuotube.com/cbhparanapanema issuu.com/cbhparananemacomunicacao

Fechar Menu