Região do Rio Paranapanema fecha março com chuvas abaixo da média

Até hoje (27), houve apenas 41 milímetros de chuvas

A Sala de Crise do Paranapanema, realizada quinzenalmente por videoconferência, iniciou sua reunião hoje (27) com a apresentação do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).  De acordo com o órgão, o mês de março não deve atingir a média histórica de chuvas, já que apresentou, até o momento, apenas 41 mm de pluviosidade, sendo que, para o período, esperava-se cerca de 135 mm.

Para abril, a expectativa é que se tenha poucas chuvas na primeira semana do mês, contudo, há recuperação na semana seguinte. Dessa forma, espera-se que a primeira quinzena atinja as médias históricas para o período.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), os reservatórios da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema apresentam os seguintes percentuais referentes ao volume de água: Jurumirim 49%; Chavantes 27% – apresentando, cada um, níveis um porcento mais alto, em comparação ao dia 13 de março; Capivara 36% e Mauá 7% – apresentando, cada um, níveis cinco porcento menor, em comparação ao dia 13 de março.

A Bacia apresenta o armazenamento total dos reservatórios em 35% de sua capacidade. As diretrizes de operação dos reservatórios serão:

UHE Jurumirim:

  • Abr: Defluências nos cenários pessimista e médio 100 m³/s, e no otimista 150m³/s.
  • Mai: Defluências no pessimista 180 m³/s, no médio 200m³/s e no otimista 230m³/s.
  • Jun: Defluências no pessimista 270 m³/s, no médio 340m³/s e no otimista 380m³/s.

UHE Chavantes:

  • Abr: Defluência de 105 m³/s em todos os cenários.
  • Mai: Defluência de 250 m³/s em todos os cenários.
  • Jun: Defluência de 350 m³/s em todos os cenários.

UHE Capivara:

  • Defluências de 550 m³/s(dias úteis) 330 m³/s (finais de semana) em todos os meses e cenários.

*Sujeita a alterações de acordo com o Sistema Interligado Nacional

A previsão para os cenários otimista, médio e pessimista, respectivamente é atingir os seguintes resultados em relação ao nível dos reservatórios ao fim de abril deste ano: Jurumirim: 74%, 38% e 21%; Chavantes: 73%, 39% e 20%; e Capivara: 77%, 37% e 20%.

A próxima reunião da Sala de Situação será no dia 17 de abril, às 15h, por videoconferência.

Sala de Situação

Para compartilhar informações e tomadas de decisões, a Agência Nacional de Águas instituiu a Sala de Situação do Paranapanema, composta pelos seguintes integrantes, além da própria ANA: Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), CTG Brasil, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Votorantim Energia, Departamento de Água e Energia Elétrica pelo Estado de São Paulo, Instituto Aguasparaná, pelo Estado do Paraná, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema e os seis Comitês Afluentes, instituídos nos Estados de São Paulo e Paraná.

Também é possível acompanhar por meio do CBH Paranapanema:

  • org
  • com/cbhparanapanema
  • com/cbhparanapanema
  • com/cbhparanapanema
  • com/cbhparananemacomunicacao
Fechar Menu