Representantes dos Usuários de Água dialogam sobre baixo nível dos reservatórios do Paranapanema

Cerca de 100 pessoas, participaram, por meio da plataforma de videoconferência, do canal do Youtube e da Página do Facebook do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema (CBH Paranapanema), da 1ª Roda de Diálogo – Reservatórios do Paranapanema, realizado na manhã de hoje (12).

O encontro teve o objetivo de mobilizar a sociedade visando iniciar o diagnóstico dos setores envolvidos na crise enfrentada pelos reservatórios localizados na Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema. Estiveram presentes representantes dos setores de irrigação, psicultura, turismo, abastecimento urbano, hidroeletricidade e indústria. Representantes do Poder Público Municipal, como Prefeitos e secretários de Meio Ambiente, Turismo e Agricultura também participaram da Roda de Diálogo.

O evento foi dividido em duas partes. Inicialmente foi feita uma apresentação sobre o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema, suas competências e as ações que vem sendo desenvolvidas durante a crise enfrentada nos reservatórios localizados no Paranapanema. Posteriormente, os técnicos dos órgãos gestores dos estados de São Paulo e do Paraná (DAEE e IAT, respectivamente) falaram sobre os reservatórios presentes na Bacia, como funcionam e as especificidades de cada um deles. Na ocasião, os técnicos também passaram os dados a respeito do nível, desde 2028.

Após a contextualização, o diálogo foi iniciado com os usuários de água ali presentes para que se manifestem acerca de como o seu setor tem sido afetado com a crise hídrica nos reservatórios. Os presentes também pontuaram algumas ações que poderiam ser desenvolvidas para que os diversos usos dos reservatórios sejam contemplados.

O CBH Paranapanema reforçou a necessidade dos usuários se organizarem por setores, para que definam representantes que possam ser os interlocutores na apresentação de propostas ao Comitê. O CBH Paranapanema irá trabalhar as demandas dos setores e, posteriormente, apresentará as demandas à Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), para a definição de regras operacionais destes reservatórios.

A secretaria adjunta do CBH Paranapanema, Suraya Modaelli, frisou a importância deste momento. “Sabemos que as propostas podem ser absorvidas integralmente, parcialmente ou não atendidas, contudo, é no âmbito do Comitê que todos os usuários serão ouvidos, está é a oportunidade de pontuar as necessidades do seu setor”, finalizou propondo o dia 26 de março (sexta-feira) para a 2ª Roda de Diálogo, onde os usuários serão ouvidos e deverão trazer informações de cada setor, apresentações das demandas e dos impactos que estão ocorrendo.

Para assistir o Encontro na integra, acesse: https://www.youtube.com/user/cbhparanapanema

Mais informações:

paranapanema.org / 14 33169290

Fechar Menu